Indique a um amigo!

29 de outubro de 2010

Curso sobre como beijar

Curso Avançado de beijo
Amassos não são só para adolescentes. Eles podem recarregar sua vida sexual em qualquer idade!

Vocês dois já passaram por todas as “bases”. Mas isso não significa que devam pular a primeira: o beijo. À medida que o namoro se torna mais sério, os carinhos diminuem e de repente você se dá conta de que não beija mais seu parceiro com tanta paixão — ou, pior, tanta frequência. Pior ainda, que o beijo virou só preliminar de sexo. O motivo? “O beijo na boca é um símbolo muito forte do início do relacionamento. Está ligado à expectativa de envolvimento, de paixão e do primeiro contato. Com o tempo, os casais — especialmente os homens — acham que não é mais necessário”, acredita a psicóloga e terapeuta sexual Ana Canosa, membro da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (Sbrash). “O beijo evolui como uma maneira de verificar o potencial de compatibilidade do parceiro porque troca informações sobre saúde e status hormonal”, completa Gordon Gallup, professor de psicologia na Universidade de Albany, nos EUA. “Mas depois que o parceiro é escolhido o beijo pode morrer porque não há mais necessidade de avaliar seu DNA.” Mesmo que vocês já saibam que foram feitos um para o outro, um toque de romantismo sempre vale a pena. “A saliva contém testosterona, que dispara a libido”, afirma a antropóloga Helen Fischer, professora da Universidade Rutgers, nos EUA. “Então, quanto mais tempo você usa beijando, mais preparada estará para o sexo, o que resultará numa experiência mais intensa.” Aqui vão algumas receitas para deixar o clima quente como antes.

Adicione novidade 
Juntos, vocês têm quatro lábios e duas línguas. Seja criativa! O escritor americano William Cane, autor do livro The Art of Kissing (inédito no Brasil), recomenda o movimento de “sugar o lábio”: para experimentar, beije suavemente o lábio superior dele enquanto ele mastiga e chupa de leve o seu lábio inferior. Com certeza ele vai tentar escorregar a língua para sua boca, mas não deixe... Espere até que ele fique empolgado e, aí sim, deixe as línguas deslizarem pelos dentes, pela parte interna das bochechas e pelas gengivas. As sensações alternadas dos dentes duros e lisos e da boca macia e úmida vão despertar seus sentidos.

Uma pitada de açúcar 
O personagem do ator Mickey Rourke no clássico 9 1/2 Semanas de Amor acertou em cheio quando ofereceu a Kim Basinger morangos suculentos entre quatro paredes. “Coma um antes das carícias — o morango ativa os receptores do sabor doce na boca, então, durante o beijo, seu paladar estará superestimulado”, diz Krista Bloom, autora do livro The Ultimate Compatibility Quiz (inédito no Brasil).

Alguns arrepios
Passe um protetor labial de menta antes de beijá-lo para aguçar tato, paladar e olfato. “O mentol também dispara os receptores de frio do corpo e, combinado ao seu hálito quente, proporcionará uma sensação pulsante que vai dos lábios direto para os genitais”, diz a sexóloga americana Ava Cadell. Você consegue efeito semelhante com champanhe ou outras bebidas com gás. As bolhas vão fazer cócegas, formigar e depois evaporar. Só um lembrete: o mentol pode irritar a pele sensível abaixo da cintura; então, se sexo oral está nos planos de vocês, lavem bem lábios e bocas antes. Bem... ou não.

Mexa com força 
Uma pequena dose de dor pode transformar um amasso comum e levar vocês às alturas. “As endorfinas responsáveis pela sensação de bem-estar são liberadas pelo corpo durante o beijo e quando você está excitada se tornam um analgésico natural’, diz Sadie Allison, autora de Ride ‘Em Cowgirl: Sex Position Secrets for Better Bucking (inédito no Brasil). “E mais: quando você toca uma parte do corpo com firmeza, faz com que mais sangue vá para essas áreas, acentuando a resposta dos receptores da pele.” Lace suas mãos pela parte de trás do pescoço dele e gentilmente puxe-o na sua direção, mantendo contato visual. Depois, quando seus lábios se encontrarem, fique um pouco agressiva, deixando a paixão crescer de forma natural. “A ideia é usar força sutil: empurre de leve o lábio superior dele com seus dentes, raspe suas unhas na lateral do pescoço e nas costas dele e puxe o cabelo dele depois de esquentá-lo com beijos suaves e sensuais”, indica Sadie.

Quase lá 
Para o tipo mais erótico de beijo (que, aliás, tem o nome menos erótico), experimente o “sexo facial”, sugere Ava. Esse tipo de carinho imita uma transa das preliminares à penetração, começando com uma exploração da sua língua dentro da boca do seu parceiro. “Friccionem as línguas em círculos pequenos e grandes e depois as lancem para dentro e para fora das bocas, como se estivessem transando.” Vocês também podem se revezar para envolver os lábios em volta da língua um do outro e, sugando apaixonadamente, alternar entre movimentos lentos e rápidos, como sexo oral.”
Variacão é tudo de bom
Tasque um beijo em um destes pontos quentes também

>> Barriga Dê beijinhos abaixo do umbigo dele, chegando perto dos genitais, mas sem colocar a boca na botija. Essa provocação enviará uma mensagem ao cérebro de seu parceiro para que ele se prepare para o sexo. Mas, ao perceber que você parou, a antecipação e o fator prazer aumentam.

>> Orelha A pele ali atrás é uma zona supersensível. Comece lambendo essa parte e depois até a parte curva do lóbulo. “E, já que você está tão perto, sussurre algo suave ou picante no ouvido dele”, sugere William Cane. Perceba se ele gosta antes de enfiar a sua língua molhada dentro da orelha — algumas pessoas odeiam.

>> Pescoço Dê uma de vampira. Como essa é uma das partes mais vulneráveis do corpo, beijá-la suavemente e lambê-la será como uma tortura erótica. “Explore com diferentes intensidades. As sensações podem ser incríveis”, sugere Ian Kerner, autor de Sex Recharge (inédito no Brasil).

>> Mãos Seus dedos estão cheios de terminações nervosas; coloque-os em ação! “Devagar, indo da ponta até a base, escorreguem-os pela boca um do outro”, diz Ava Cadell. Quando você já tiver passado pelos dedos dele, mude para o punho e cubra a área com beijos suaves para produzir tremores deliciosos.

O que tu achaste? 

Fonte: Por Laura Leu - Nutrition & Metabolism


Assine nosso RSS FEED, TWITTER (@bysaude) ou FACEBOOK. Comente o que você achou do post.

8 comentários:

Mi reabilite disse...

Uma aula básica de anatomia! Gostei.

Bjoss

Mi

joselito bortolotto disse...

Bem, nunca é tarde para melhorar ....

Paulão disse...

Buenas Mi,

essa aula é para mulheres corajosos...hehehe

Bju

Paulo

Paulão disse...

Buenas Joselito,

vivendo e aprendendo...hehehe

abraço

Paulo

Jackie Freitas disse...

Buenas, meu querido!!!
Uau!!! Com essas dicas só podemos melhorar o que (para mim) já é maravilhoso! Eu e meu marido ainda nos beijamos muito (thanks God!), mas, claro, não com a mesma "exploração" do início... Acho que vai rumando para outros tipos de descobertas, sei lá, mas não menos significativo do que no início. Porém, conheço muitos casais (não só casados) que vão perdendo o encanto pelo beijo... Acho tão triste! Mas, cada um...cada um!
Grande beijo (com carinho de amiga..rsrs),
Jackie

Paulão disse...

Buenas Jackie,

não se pode perder o encanto, né...procurar estímulos para manter a chama da paixão sempre viva é essencial. Isso faz com que o sangue circule pelas veias...hehehe

Saluto

Paulo

ehm kommunika disse...

nice post.....http://ehm-kommunika.blogspot.com/

Paulão disse...

Thanks and be well come.

Regards

Paulo

Postar um comentário

Addthis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...